no comments

Empatia

Os consumidores de hoje são infiéis por natureza e a velocidade intensa com que as novas informações têm chegado permite a eles trocar de produtos rapidamente.

As marcas, por sua vez, constroem ações com pouco ou nenhum vínculo com a memória, no longo prazo. Basta ver ações do varejo que ainda utilizam apenas representações estereotipadas com pouca identificação com a média da população brasileira.

MEMÓRIA COMO PODER EMPÁTICO

Construir a empatia usando a memória influencia diretamente a experiência do usuário em novas ações de identidade visual.

 

“A MEMÓRIA É UM PROCESSO DE RECONSTITUIÇÃO DO PASSADO PELO CONFRONTO COM O PRESENTE E PELA COMPARAÇÃO COM OUTRAS EXPERIÊNCIAS PARALELAS.”

Reply